Yoga

YOGA PARA CRIANÇAS

Um corpo saudável, maior capacidade de concentração e criatividade, músculos e ideias mais flexíveis, melhor qualidade de vida – em resumo, maior bem-estar. Esses são alguns dos benefícios do Yoga, que além de ser um excelente exercício físico, é uma filosofia de vida. Ou seja, um presentão para darmos aos nossos filhos!

Todos sofrem com o estresse, a correria e competição de hoje em dia: adultos e crianças. Muito cedo, os pequenos deixam de brincar, ganham agendas que nada devem à de executivos superocupados e, assim, vão se afastando de sua verdadeira essência. Desta forma, as crianças se habituam ao vício do fazer e passam a funcionar numa espécie de piloto automático.

Um dos problemas disso é que é na nossa essência que estão guardadas todas as possibilidades infinitas, todo o potencial puro que nasce com cada menina e menino. Treinando ao mesmo tempo o corpo e a mente, e nos dando uma base firme de valores, o Yoga recria nosso estado original de equilíbrio, o que nos coloca de novo em contato com a parte mais profunda do nosso íntimo, onde está a criatividade absoluta que nos permite inventar quem vamos ser, como vamos ser e de que modo vamos tornar o mundo melhor.

Na atual crise de valores, o senso de dever, de cidadania, de fazer o bem parece ter se perdido.

A importância de ser foi substituída pela necessidade de ter e, em tempos de redes sociais, por outra necessidade complementar: a de mostrar que se tem. Pensando em tudo isso, nós acreditamos que a missão principal dos pais é ajudar os filhos a descobrirem seu propósito de vida (dharma), e, então, ensiná-los a usar esse propósito não apenas em benefício próprio, mas para o bem de toda a humanidade. Eis o caminho para a felicidade segundo os ensinamentos dos iogues.

A prática frequente de yoga contribui muito nesse sentindo, seus princípios incluem a não violência (com os outros e consigo), a disciplina, integridade, o desapego. Sendo a base para o desenvolvimento de todo ser humano, esses valores fundamentais ainda revelam que o poder está dentro de cada pessoa, o que alimenta a autoestima das crianças. Aos poucos, elas aprendem que o ponto de referência é interior – não está lá fora. Em outras palavras, o Yoga nos dá raízes e nos ensina a voar ao mesmo tempo.

Onde colocamos nossa atenção e nossa intenção também colocamos nosso poder de concretização. No fim das contas, então, o sucesso depende de quem os nossos filhos são, de sua essência – e não somente do que eles têm.

Você quer alguma coisa? Vá atrás, porque sonhar faz bem e é direito de todos nós. Errou? Comece de novo! Está difícil? Pratique, pois amanhã ficará mais fácil. E, sempre, sorria para o seu esforço. Esses são alguns dos insights que o yoga nos traz, além de mais criatividade, calma, disciplina e capacidade de concentração.

Em termos físicos, a prática ajuda a regular o funcionamento dos sistemas respiratório e digestivo; equilibrar a produção hormonal, reduzir a pressão sanguínea e os níveis de colesterol; melhorar o padrão de sono; turbinar o sistema imunológico; alongar e fortalecer a musculatura. E extremamente eficaz para prevenir e auxiliar a cura de diversas doenças, como hipertensão, diabetes, asma, obesidade, colesterol alto, disfunções hormonais, problemas gástricos e dores na coluna.

Acreditamos que nossos filhos não nos pertencem. Eles nos escolheram para sermos seus guardiões na difícil tarefa de crescer. E é com nosso exemplo, mais do que com qualquer palavra que lhes ensinamos. Então, fica aqui nosso convite: incorpore os valores do Yoga na sua vida e pratique as posturas com seus filhos. E sejam muito felizes – e saudáveis – para sempre!

Tenho verificado nas crianças os efeitos do yoga concretizados em melhoria de psicomotricidade, da atenção, no domínio corporal e, sobretudo, da capacidade de autodomínio das crianças agitadas, hiperativas.

YOGA PENSE DENTRO…

 

Hamilton Mamede
(Texto baseado nos escritos de Georg Kritikos, Sarvananda, Márcia de Lucca e Rachel Carr).

  • Yoga – vespertino

    A partir de posições da Yoga e de histórias que criamos utilizando essas posturas, procuramos realizar o relaxamento e ainda promover a percepção corporal, equilíbrio e autoconhecimento.

    3º ano – vespertino
    Prô André