Proposta Pedagógica - Educação Infantil

  • Turmas Ofertadas

    Sensório Motor – crianças com um ano e meio, até 8 crianças por sala, com uma auxiliar e 12 crianças por sala com duas auxiliares.

    Simbólico I – crianças com dois anos, até 16 crianças por sala, com uma auxiliar.

    Simbólico II – crianças com três anos, até 18 crianças por sala, com uma auxiliar.

    Simbólico III – crianças com quatro anos, até 20 crianças por sala, com uma auxiliar.

    Intuitivo – crianças com cinco anos, até 22 crianças por sala, com uma auxiliar.

    1º ano – crianças com seis anos, até 25 crianças por sala, com uma auxiliar.

    Integral – crianças de três até cinco anos, até 12 crianças com uma auxiliar.

     

    Proposta Pedagógica/ Objetivos

    Auxiliar a criança a se afirmar enquanto pessoa, desenvolvendo uma imagem positiva de si, aumentando gradativamente sua confiança e autoestima, além de perceber seu corpo, suas limitações e potencialidades, numa atitude de cuidado com a própria saúde e bem-estar.

    – Levar a criança a ampliar seus horizontes sociais, percebendo a si e ao outro, interagindo com seus pares e também com os adultos, numa atitude de respeito, ajuda e colaboração.

    – Promover a brincadeira espontânea para que o educando possa expressar seus sentimentos, emoções, pensamentos, desejos e necessidades, num clima de descontração e gratuidade ao mesmo tempo em que o leva a utilizar diferentes linguagens (corporal, oral, escrita, dramática, plástica, musical).

    – Levar a criança a, desde a mais tenra idade, observar o meio/cultura em que vive sabendo-se como construtor e ser construído por este mesmo meio e ainda levá-lo a conhecer outras manifestações culturais.

    – Levar a criança a observar o meio ambiente e se sentir como parte integrante e ainda agente transformadora e conservadora da natureza que o cerca.

    – Convidar e chamar a atenção das crianças para a construção dos valores humanos, das questões morais e éticas, dos planos harmoniosos e da beleza de tudo que nos rodeia, quer ela seja física ou não.

    – Levar as crianças as resoluções de conflitos. Seguimos alguns passos para que essa resolução seja consciente por parte dos conflitados, desde o primeiro nível (crianças de um ano e meio) até o último. É um momento mediado pelo professor, no princípio e no propósito de exercitar o diálogo construtivo de uma paz justa e possível.

     

    Áreas de Conhecimento 

    – Processo Lecto-escritura (Alfabetização): Ponto de extrema preocupação por parte de pais, o que faz com que a escola acolha esta ansiedade para que não afete o processo de nossos educandos. Tratamos este processo como letramento, que é motivado desde o Sensório Motor, quando recebemos os pequenos aprendizes. Nossos princípios norteadores deste trabalho alfabetizador, pioneiro no estado de Goiás, são princípios de construção do processo de escrita e leitura, fazendo com que a criança levante hipóteses, reflita e tenha a consciência fonológica da nossa língua, fugindo da mera decodificação e decoração de símbolos gráficos, de uma leitura automática, silabada e pouco entendida.

    – Processo Lecto-escritura matemática (Alfabetização Matemática): Igualmente, a preocupação com a iniciação nos números é grande. Para tanto trabalhamos o conceito de número e não a simples leitura e decoração deles. Ele é desenvolvido manuseando-se objetos concretos (contas, palitos, tampinhas…), adicionando e retirando alguns, em situações lúdicas, para que a criança perceba e internalize as operações matemáticas que no futuro farão no papel. Neste momento é importante que estas sejam realizadas no concreto, em brincadeiras, classificando, ordenando, seriando, sem a cobrança inibidora da professora e sim com o livre questionamento que leva ao raciocínio lógico de ambos os participantes (crianças e professora), que também é desenvolvido com os blocos idealizados por Zoltán Pál Dienes, matemático húngaro.

    – Natureza e Sociedade (Conhecimento de Mundo): Levamos a criança a compreender a natureza e o homem na condição de agente transformador, também transformado por ela e ainda como mais um de seus integrantes. Favorecer a compreensão do conhecimento da realidade que nos cerca, procurando desenvolver a criança em todos os seus aspectos, levando-a à participação e valorização das diferentes manifestações da sociedade, localizando-a no espaço geográfico e humano.

    – Dinâmica Recreativa: A educação física é desenvolvida por professores especialistas levando o nome de Dinâmica Recreativa somente na Educação Infantil. Visa formar atitudes e desenvolver habilidades de integração social, além de exercício dos pequenos e grandes membros (braços e pernas). Desenvolvemos atividades corporais (andar, correr, saltar em uma só perna, pular, rolar…) enquanto estabelecemos interações equilibradas e construtivas, respeitando os limites de cada educando, visando a vivência dos valores humanos, em consonância com a filosofia e os princípios propagados pela Escola.

    – Educação de novas tecnologias: No último agrupamento da Educação Infantil, no Intuitivo, fazemos a introdução à educação de novas tecnologias, objetivando possibilitar a criança  a manusear um computador, abrindo e fechando programas atuais e jogos didáticos ou ainda para confecção de desenhos. Duas crianças dividem um só computador numa parceria para o desenvolvimento da reversibilidade de raciocínios diferentes e também no sentido de cooperação.

    – Artes (Dramática, Pictórica e Musical): Despertar e motivar o interesse da criança pela arte, favorecendo o desenvolvimento de suas habilidades através da expressão de sentimentos e emoções, com liberdade criativa, sem deixar de respeitar a sensibilidade e o senso crítico com relação às diversas manifestações artísticas existentes. Contamos com professores, formados em Artes Plásticas e Artes Cênicas e Música.

    – Inglês: A Língua Inglesa é trabalhada em três aulas por semana, com a presença do professor de Inglês. A Prô regente, contudo, extrapola esse contato, trazendo músicas e brincadeiras, em Inglês, para os momentos de roda e demais rotinas do recanto. Nosso trabalho é apresentar a Língua Inglesa de forma natural e instintiva para as crianças, participando dos projetos de cada recanto.

    Trabalhamos com material didático e exploramos as habilidades orais das crianças (compreensão e fala). Estimulamos nossos alunos com histórias, atividades de artes, músicas, filmes, jogos e brincadeiras de faz de conta.

    – Filosofia, no tempo de roda: Neste momento, iniciamos a pensar sobre o pensar, isto é, estudar, monitorar e rever o próprio processo de pensamento. Com historietas, levamos a criança a inferir, definir, imaginar, admitir, conjecturar, supor, relembrar e discutir temas apresentados nas mesmas.

    Um dos temas abordados é o BULLYING ESCOLAR através de reflexões, trabalho de conscientização, prevenção e diagnose. Buscamos a mediação dos conflitos entre as crianças. Trazemos sempre uma história, filme, música como disparador para estas reflexões.